Algumas ideias sobre a história científica e a historiografia antiga

Olá,

Sei que algumas coisas que discutimos na última aula são bem complicadas de entender. Não se preocupem, pois isso é uma tarefa que leva um curso de história por inteiro.

Já coloquei algumas reflexões nesse Blog, só que agora me lembrei de um texto que escrevi e que traduz um pouco de como as f(ô)rmas fazem diferença na hora de se ler as fontes. Então, quem quiser saber mais, leia o texto e discuta as ideias comigo. Segue também um resumo do artigo:

Resumo: Junto ao desenvolvimento das concepções sobre a cientificidade da História, o século XIX presenciou a fusão entre a poesia e a realidade histórica. Desta cooperação entre a necessidade de empiria/realidade concreta e as exigências da literatura poética surgiram os chamados romances históricos. Essas novas perspectivas lançaram questões importantes para a compreensão da prática historiográfica taciteana. Portanto, nossa proposta é atentar para esse debate e destacar que para nós essas novas perspectivas literárias da historiografia clássica possuem limites que devem ser bem demarcados, sem, contudo, deixarmos de lado a grande contribuição que essas novas questões trazidas da teoria literária possibilitaram para os avanços nos estudos sobre o pensamento histórico na antiguidade.

Um abraço

Para ter acesso ao artigo completo clique aqui

Anúncios

4 pensamentos sobre “Algumas ideias sobre a história científica e a historiografia antiga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s